A empresa iniciou em 1975 com o nome Acauã, produzindo o longa-metragem Trem Fantasma de Alain Fresnot. Em 1981, com novos sócios e o nome de Tatu Filmes, marcou época no cinema paulista, realizando os longas-metragens Janete (conquistou o prêmio de Melhor Montagem no Festival de Gramado 1983), de Chico Botelho, Marvada Carne, de André Klotzel (Semaine de la Critique, Cannes 1985 e Melhor montagem no Festival de Gramado 1985), além de curtas, médias-metragens e filmes publicitários. Em 1988, já como A. F. Cinema, a produtora lança Lua Cheia, de Alain Fresnot, Melhor Filme no Rio Cine Festival de 1989 e no Festival de Curitiba 1988. Em 1997, com a retomada do cinema brasileiro, a produtora lança Ed Mort, de Alain Fresnot. Com Paulo Betti, Cláudia Abreu e Chico Buarque entre outros, o filme recebe o Prêmio HBO do Cinema Brasileiro, além dos prêmios de Melhor Direção; Melhor Ator; Melhor Atriz; Melhor Ator Coadjuvante; Melhor Atriz Coadjuvante; Melhor Montagem; Melhor Fotografia do Festival de Salvador 1997 Em 1998, Kenoma, de Eliane Caffé, participa da Mostra Internacional de Veneza, e ganha o Soleil d’Or de Melhor Filme no Festival de Biarritz de 98, além dos prêmios de Melhor Filme, Melhor Direção e Melhor Fotografia no Festival de Gàva (Barcelona) e de Melhor Ator, Melhor Direção de Arte e Melhor Letreiros do Festival de Brasília 1998. Em 2000, lança Castelo Rá Tim Bum, o Filme, de Cao Hamburger, em parceria com a Columbia Tristar do Brasil, vencedor dos prêmios de Melhor Filme Internacional no Festival Internacional de Filmes de Chicago e Melhor Filme no Festival de Toronto para Crianças. No mesmo ano, lança Através da Janela, de Tata Amaral, vencedor dos prêmios de Melhor Filme, Melhor Roteiro e Melhor Atriz para Laura Cardoso no Festival de Miami, além de Menção Honrosa no Festival da Índia. Em 2004, Desmundo de Alain Fresnot, é lançado e a distribuição realizada em parceria com a Columbia Tristar Filmes do Brasil. Vencedor dos prêmios: Prêmio ABC 2004: Melhor Direção de Arte; Melhor Fotografia; FesTróia – Festival Internacional de Cinema de Tróia 2003 (Portugal): Melhor Fotografia; Festival do Cinema Brasileiro na França 2004: Melhor Filme Longa-metragem; Prêmio APCA 2003: Melhor Atriz; Festival de Brasília 2002: Melhor Atriz Coadjuvante; Prêmo TAM do Cinema Brasileiro 2004: Melhor Direção de Arte; Melhor Figurino; Melhor Maquiagem Em 2009, produz Família Vende Tudo de Alain Fresnot, com Lima Duarte, Vera Holtz, Caco Ciocler, Marisol Ribeiro e Luana Piovani, vencedor dos prêmios de Melhor Ator, Melhor Atriz, Melhor Trilha Sonora, Melhor Ator Coadjuvante, Melhor Direção de Arte no Festival Cine PE. Em 2012 lança Raul – O Inicio, o Fim e o Meio documentário sobre a vida do artista Raul Seixas em parceria com a Paramount Pictures, que conquistou os prêmios de Melhor Documentário da 35ª Mostra Internacional de São Paulo, do 7º Prêmio Contigo! de Cinema Nacional e do voto popular, e de Melhor Diretor de Documentário pela 3ª Cine Fest Brasil Montevideo. Este ano a A.F.Cinema realizou a comédia francesa Babysitting 2 em regime de “Production Service” para a empresa francesa AXEL na cidade de Itacaré, Bahia. Atualmente A.F. Cinema prepara conclui Uma Noite Não é Nada longa-metragem de ficção. Em paralelo, está produzindo, os documentários Arrigo, o filme, sobre Arrigo Barnabé e Cutucand’onça, contando a trajetória de um dos fundadores e primeiros dissidentes do PT, Paulo de Tarso Venceslau.
Produtora
Rua Desembargador Ferreira França, 352, alto de pinheiros

Este associado não possui projetos/filmes cadastrado.

© 2019 Cinema do Brasil
Faça seu LOGIN ou CADASTRE-SE