Novo edital chamado “Coprodução Mundo” irá investir US$ 9 milhões em coproduções

Data: 17/12/2018

A Agência Nacional do Cinema (Ancine), instituição vinculada ao Ministério da Cultura (MinC), vai investir R$ 36,8 milhões no fomento a coproduções entre produtoras brasileiras e de outros países. Serão R$ 18,15 milhões para cinema e R$ 18,65 milhões para TV.

O Edital de Coprodução Mundo, cujas inscrições começam em janeiro, funcionará na modalidade de fluxo contínuo e atenderá projetos cujas produtoras brasileiras sejam minoritárias ou majoritárias. Serão exigidos contratos de distribuição para os projetos de cinema e de pré-licenciamento para os de TV.

Durante o Ventana Sur, Christian de Castro e o assessor internacional da Ancine, Gustavo Rolla, se reuniram com produtores brasileiros e argentinos, no estande do Cinema do Brasil, para um balanço dos oito anos de editais de coprodução entre os dois países e para propor melhorias e simplificações de processos nos editais futuros.

Ventana Sur

O Ventana Sur é o mercado mais importante de conteúdos audiovisuais na América Latina e já é um evento programado no calendário de distribuidores e compradores da indústria internacional. Seu objetivo é aumentar a distribuição internacional de filmes latino-americanos e estimular sua circulação na América Latina e no mundo. Este ano, o Ventana Sur recebe mais de 5 mil profissionais internacionais, entre eles distribuidores e profissionais de importantes redes e plataformas internacionais.

Durante o mercado, várias salas de cinema exibem filmes diariamente em sessões de market screening, oferecendo a potenciais compradores a oportunidade de assisti-los na grande tela. E uma moderna estrutura e videoteca (Vídeo Librería) permite aos compradores assistir às mais recentes produções da Argentina e da América Latina.

Fonte: Minc

© 2019 Cinema do Brasil
Faça seu LOGIN ou CADASTRE-SE