Cinema brasileiro em destaque no Festival Internacional de Cinema de Roterdã (IFFR, International Film Festival Rotterdam)

Data: 15/01/2019
(Foto: Divulgação)

 

O Festival Internacional de Cinema de Roterdã (IFFR, International Film Festival Rotterdam) é considerado um dos maiores do mundo e destaca obras dirigidas por novos cineastas. Além das seções oficiais em sua programação, também apresenta retrospectivas e programas temáticos.

Neste ano, em sua 48ª edição, que acontecerá entre os dias 23 de janeiro e 3 de fevereiro, o cinema brasileiro estará representado com diversas produções. Na maioria das edições anteriores do IFFR, o cinema brasileiro tem desempenhado um papel importante na seleção festival. No ano passado, em 2018, 12 produções brasileiras fizeram parte da seleção oficial e 3 delas voltaram para casa com um dos prêmios do IFFR.

Na competição oficial, conhecida como Tiger Competition, serão dois longas: No Coração do Mundo, de Gabriel Martins Alves e Maurílio Martins, produzido por Filmes de Plástico, e que também fez parte da seleção de filmes apresentados durante o Boutique Cinema do Brasil, em 2018; e Nona. If They Soak Me, I’ll Burn Them, da chilena Camila José Donoso, uma coprodução com o Brasil (Bubbles Project) e outros países.

Na seção Bright Future, que apresenta uma seleção de descobertas para o futuro, todos os filmes são criados por diretores originais e de renome trazendo seu próprios estilos e visões, com reconhecimento internacional desses jovens cineastas. Aqui, o Brasil se destaca com: o documentário Fabiana, de Brunna Laboissière e produzido por Artemísia Filmes e Sendero Filmes; A Noite Amarela, de Ramon Porto Mota (Vermelho Profundo); Bring me The Head of Carmem M., um filme Felipe Bragança (Mariola Filmes) and Catarina Wallenstein,  e a coprodução com o Chile, Historia de mi nombre, de Karin Cuyul.

Já nas seções Bright Future Premieres e Bright Future Selections, que apresentam filmes fora de competição, o cinema brasileiro aparece com três longas: Enquanto Estamos Aqui, de Clarissa Campolina e Luiz Pretti, produzido por Anavilhana; Seus Ossos e Seus Olhos, de Caetano Gotardo, coproduzido por Leonardo Mecchi, (Enquadramento Filmes); e Tarde para morir joven, de Dominga Sotomayor, coprodução entre Chile, Brasil (RT Features) e outros países.

A seção Deep Focus, vai trazer o cinema do veterano Humberto Mauro, em um documentário com o mesmo nome, dirigido por André di Mauro e filme Caminhos Magnéticos, uma coprodução da Bando a Parte e Persona Non Grata Pictures,  com o Dominique Pinon e Ney Matogrosso no elenco.

Soul in the Eye

Este ano, o IFFR lança a mostra Soul in the Eye, que faz parte da seção Perspectivas, o cinema negro brasileiro ganhará destaque. A mostra celebrará a nova geração com uma série de longas e curtas que tratam a temática da herança afro-brasileira.

CineMart – Encontro de Coprodução

Além disso, a produtora Filmes de Plástico apresentará o projeto And My Eyes Keep Smiling, do cineasta brasileiro André Novais Oliveira no CineMart – o programa que convida cineastas e produtores para apresentação de seus projetos para profissionais de cinema em reuniões individuais e apresentações abertas aos convidados. Filmes de Plástico é também a produtora do filme No Coração do Mundo, selecionado para a Tiger Competition.

Mostra Limelight

Na programação da mostra Limelight, que exibe filmes que serão exibidos nos cinemas holandeses no final do ano, destaca-se o argentino Rojo, de Benjamín Naishtat, uma coprodução entre Brasil, pela produtora Desvia, Holanda, França e Alemanha.

Rotterdam Lab
Pela segunda vez, o Cinema do Brasil é parceiro do Rotterdam Lab, que selecionou 60 produtores de 29 países. Neste ano, O Cinema do Brasil apoiará Patricia Barbieri, Prana Films, que estará presente neste workshop de 5 dias durante o IFFR. O Rotterdam Lab inclui painéis e debates com os principais especialistas da indústria, workshops sobre tópicos como estratégias de marketing. Este ano, um workshop sobre estratégias do mercado internacional de filmes com Marika Kozlovska (Consultora Internacional do Cinema Do Brasil) também faz parte do programa.

IFFR Unleashed | 30 anos do Fundo Hubert Bals
A HBF está comemorando 30 anos e, para celebrar seu aniversário, lançaram uma coleção de filmes disponíveis na plataforma VOD do IFFR, denominada IFFR Unleashed. Entre os filmes, diversos filmes brasileiros estão disponíveis. Para mais informações, por favor, acesse AQUI.

© 2019 Cinema do Brasil
Faça seu LOGIN ou CADASTRE-SE